O Projeto Gigante Guarani retoma suas atividades em 2012 com o Objetivo de contribuir para consolidar as condições de conservação, manejo e recuperação dos ambientes naturais e produtivos, associados às micro-bacias dos rios Alambari e Capivara, nos municípios de Botucatu e Anhembi, por meio da Educação Ambiental, do estudo sócio-ambiental da paisagem e das formas de compreensão dos sujeitos (pequenos agricultores e demais membros da comunidade) do uso e ocupação do meio ambiente, especialmente aquele ligado às áreas de recarga do Sistema Aqüífero Guarani.

 As atividades iniciais realizadas foram para a divulgação do projeto através de reuniões, criação de materiais (folder e informativo) e conversa inicial com alguns agricultores que serão beneficiados pelo projeto. Para divulgação foi realizado um Lançamento Publico do Projeto na Câmara dos Vereadores de Botucatu que resultou em parcerias estabelecidas, cartas de apoios assinadas e apresentação do projeto para os agricultores e para a população em geral.

A conversa inicial com os agricultores foi feita através de visitas nas propriedades o que possibilitou realizar uma análise sócio-ambiental da paisagem e também através da formação de grupos focais com diálogo onde iniciou-se um diagnóstico das percepções ambientais dos sujeitos.

Por fim a área de atuação foi delimitada por meio da compilação de informações de diferentes bases cartográficas.